Resenha: O Vilarejo

09:19

Olá Olá! Hoje venho com mais uma resenha de um escritor novinho, mas muito conhecido por aí. Estou falando de Raphael Montes (que poderia ser meu parente, mas não é - também tenho Montes hehe) e seu livro, O Vilarejo!


Título: O Vilarejo
Autor: Raphael Montes
Editora: Suma das Letras
Páginas: 96
Ano: 2015
Sinopse: Ilustrações coloridas dão vida a romance com elementos de horror gótico e suspense Em 1589, o padre e demonologista Peter Binsfeld fez a ligação de cada um dos pecados capitais a um demônio, supostamente responsável por invocar o mal nas pessoas.É a partir daí que Raphael Montes cria sete histórias situadas em um vilarejo isolado, apresentando a lenta degradação dos moradores do lugar, e pouco a pouco o próprio vilarejo vai sendo dizimado, maculado pela neve e pela fome. As histórias podem ser lidas em qualquer ordem, sem prejuízo de sua compreensão, mas se relacionam de maneira complexa, de modo que ao término da leitura as narrativas convergem para uma única e surpreendente conclusão.


(esta resenha está livre de spoilers)

Minha opinião: Eu já tinha ouvido falar desse livro por uma amiga, que veio me contar que estava lendo um livro muito louco do Raphael Montes, em que ela não tinha muita certeza se ele tinha traduzido os manuscritos do livro ou tinha inventado tudo.. Fiquei sem entender, mas curiosa. Então, fui logo adquirir meu exemplar.
A ideia é a seguinte: Ele conseguiu diários perdidos com histórias macabras numa língua pouco conhecida, o cimério. Só que diante da curiosidade no material encontrado, ele resolveu traduzir com ajuda de um dicionário e, com muita dificuldade, conseguiu chegar nas pequenas histórias dos moradores de um vilarejo desaparecido. Mas isso é real mesmo?
Eu comecei o livro com a mais absoluta certeza de que a ideia dele consistia nisso, se apresentar como o tradutor de histórias que ele próprio inventou. Mas ele quase me convenceu do contrário, viu? Ou será que era tudo verdade mesmo?


"O vilarejo, se existiu em algum momento, sumiu do mapa. Os cimérios desapareceram como se a terra os tivesse engolido."


Imersos em ilustrações assustadoras, os contos vagam pela temática dos Sete Reis do Inferno, responsáveis por invocar os pecados originais nos homens. São eles: Asmodeus (Luxúria), Belzebu (Gula), Mammon (Ganância), Belphegor (Preguiça), Satan (Ira), Leviathan (Inveja) e Lúcifer (Soberba), cujos nomes tornaram-se o título de cada história, associadas a um dos pecados.
Apesar de me deparar com histórias perturbadoras, eu gostei muito do seu estilo narrativo. Pelo que percebi em seu trabalho, ele gosta muito desse gênero - e eu também!

"Espreme os globos no prato, misturando-os às batatas numa papa de tom avermelhado. Toma o cuidado de não deixar nenhum pedaço inteiro."

Os personagens reaparecem de história em história e você vai recolhendo pistas ao longo do livro sobre o destino de cada um deles à medida que os reconhece a cada tragédia. Sim, tragédia... Fome, frio, inveja, desejo e assassinatos correm pela pequena vila como conversas sobre o tempo que você tem com o seu vizinho, eventualmente.


"Foi privado de tudo o que tinha na vida. Quer esquecer aquela dor. Antes tivesse morrido. Antes não tivesse encontrado o velho com comida..."


 Você esperava um livro bom? Ele definitivamente não é. Mas não no sentido ruim da palavra, no sentido mais aterrorizante e desconcertante que poderia imaginar. Era isso que eu esperava e foi exatamente a forma como ele me presenteou. Achei brilhante!

Minha avaliação:


E vocês gostam desse tipo de livro?

You Might Also Like

32 comentários

  1. Fiquei com imensa curiosidade de ler!
    beijinhos
    http://direitoporlinhastortas-id.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Uau! Esse livro deve ter dado trabalho. Imagina traduzir tudo para o livro? Mas até que parece que o resultado ficou legal. Fiquei curiosa pra ler agora, e eu não conhecia esse autor. Só tenho um pouco de medo desse gênero, porque sou medrosa mesmo e nunca li livro nesse gênero, porque tenho pavor mesmo, mas mesmo assim fiquei interessada.
    Beijos!

    www.likeparadise.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. não, mas foi invenção dele (eu acho).. a história é o fato de ele ter supostamente encontrado os manuscritos e ter traduzido, mas na verdade é tudo da cabeça dele.
      é muito bom! foi o primeiro livro que eu li do autor e adorei!
      eu sou super medrosa também! mas não dá medo não.. só nojinho, às vezes!
      beeijo

      Excluir
  3. Oi garotaaaaaaa! Respondendo seu post do jogo: obrigada <3 para mim a OST ser um violão desafinado significa a dor de viver num mundo destruído e sua força em tentar continuar, mesmo que "desafinado" D: a ost é ótima, ainda tô há dias escutando asdkuhdkuhduduahdu

    Livro: MANO QUE DAHORAAAAAAAAAAAAAAAAAA. Eu não conhecia o autor, confesso, mas tipo, apesar de ser curto e tals, parece que ele conseguiu passar tudo que precisava o.o e tipo o mais incrivel é ter se baseada em manuscritos, o que também é meio sinistro. Apesar do meu pouco tempo, sofre/, coloquei na minha lista de futuras aquisições ;-;

    bjs, Carol | Espilotríssimo
    www.carolespilotro.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oooi Carol!
      nossa, gostei disso! não tinha passado na minha cabeça, mas achei bonito.. curioso, fiquei ainda mais interessada no jogo agora!
      o livro é muuuito bom!! curto, mas preciso e maravilhoso!! eu adorei o estilo e quero conhecer mais do escritor!
      beeijo

      Excluir
  4. Esse livro é maravilhoso mesmo! Tenebroso, assustador, horripilante, cada conto contendo um pouco do melhor do terror. A ideia do Raphael foi sensacional, e ele tem se mostrado cada vez mais um autor de grande talento. Já leu outros livros dele? Se ainda não, corre pq vc vai amar! Principalmente Dias Perfeitos <3

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. siim, é tudo isso mesmo!
      eu amei essa ideia! queria ter tido antes hahaha só li esse dele por enquanto.. estou com jantar secreto lá em casa. não comprei dias perfeitos, agora fiquei curiosa!! vou ver se compro!
      beeijo

      Excluir
  5. Oi Tamara!
    Já li várias resenhas positivas do autor e tenho bastante curiosidade em relação a esse livro. A resenha me lembrou os contos do Lovecraft, não sei se você já leu. Parece bom!

    Beijos,
    Sora | Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Sora!
      sim, é muito bom esse livro! eu não li não.. ja ouvi falar! agora que você falou que te lembrou, vou até querer ler! :)
      beeijo

      Excluir
  6. Oi, Tamara!
    Esse foi o primeiro e, até agora o único, livro que li do Raphael e virei super fã dele!
    Beijos
    Balaio de Babados
    Participe do #Sorteio1KSeguidores

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Luiza!
      Pois é.. mesma coisa comigo! quero ler os outros agora!
      beeijo

      Excluir
  7. UAU já fiquei com vontade de ler, e bem curiosa de saber que pode ser verdadeira a historia !
    amei a resenha, o enredo é muito bom.
    beijinhos boa semana
    bellapagina.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. é muito boom!!! mas a história não é verdadeira não.. ele só quer que a gente acredite nisso hehe
      beeijo

      Excluir
  8. Eu amo livros onde não sabemos o que é real ou imaginado, fiquei curiosa pra ler!

    www.vestindoideias.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. siim, eu achei essa sacada genial! adorei!!
      beeijo

      Excluir
  9. Não conhecia fiquei curiosa
    http://retromaggie.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. é muito bom, vale a pena conhecer!
      beeijo

      Excluir
  10. Olá Tamara, tudo bem?
    Vejo muitos comentários positivos sobre os livros desse autor, mas nunca li nada.
    Não gosto muito de livros desse gênero, então nem pretendo ler. Mas fico feliz que tenha gostado.
    Beijos!

    http://excentricagarota.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. oláá1 tudo bem! e você?
      sim, eu tmbém sempre via e agora posso comprovar que é muito bom mesmo!!
      beeijo

      Excluir
  11. Socorro, fiquei com MUITA vontade de ler, e olha que não parece ser o estilo de livro que eu gosto, além do fato de eu não gostar de ler contos haha mas esse me chamou bastante atenção. Adorei a resenha!
    Um beijão,
    Gabs | likegabs.blogspot.com ❥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahah então leiaaa, é muito bom!!
      de repente, você até passa a gostar desse etilo ;)
      beeijo

      Excluir
  12. Fiquei realmente curiosa e intrigada com as histórias!

    Beijinhos, Hellen ❤
    http://instantesimprovaveis.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. sim, elas deixam gente assim mesmo! muito boas!!
      beeijo

      Excluir
  13. Bom dia! Tudo bem?
    Primeira vez que me deparo com este tipo de literatura, me parece bem interessante.
    Passando pra retribuir sua visita no meu blog.
    E pra agradecer seu comentário lá.
    Volte sempre!
    Blog: Espinha Punk !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ooi! tudo bem! :)
      é ótimaa! eu gostei muito de conhecer esse autor! tem uma escrita maravilhosa, vale a pena conhecer!
      obrigada também pela visita ^^
      beeijo

      Excluir
  14. Fiquei com uma curiosidade enorme para ler esse livro! Vou já guardar na minha listinha :)
    Kiss, Mariana Dezolt
    Messy Hair, Don’t Care

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. siim, coloca na listinha mesmo, que é ótimo! vale super a pena!!
      beeijo

      Excluir
  15. Olá!
    Eu conheço o Raphael Montes, mas nunca tive oportunidade de ler um livro dele.
    Pena que não sou fã de histórias de terror e confesso que essa ideia de vilarejo me lembrou muito O Bairro da Cripta do M.R. Terci.
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. olá!!
      eu ainda só li esse, mas acho que pode começar por ele hahah mais porque ele é curtinho, sabe? eu achei muito bom! uma pena que não goste tanto de histórias de terror.
      uhmm vou procurar por esse aí que falou! :D
      beeijo

      Excluir
  16. Oiii, tudo bem? Eu só li um livro do autor até hoje que foi "Dias Perfeitos" e detestei. Então eu meio que fiquei com medo de ler mais coisas do autor e acabar não curtindo também. Mas O Vilarejo tem uma proposta que me atrai. Gosto de contos, ainda mais quando estão interligados e tudo que tenha relação a demônios me atrai hahaha, então talvez algum dia eu leia. E quem sabe eu curta tanto quanto você :)
    Beijooos
    http://profissao-escritor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ooi!!
      sério?? e teve gente que me indicou ele para ler! que coisa né..
      mas eu gostei muito do vilarejo, acho que vale a pena ser lido sim! e são contos, minha nova paixão da vida heheh
      sim, eles são interligados! mas não tem a ver com os demônios não, só o pecado que cada um deles representa.
      beeijo

      Excluir

Subscribe