Resenha: A lógica inexplicável da minha vida

11:19

Olá Olá! Tudo bem com vocês? É isso mesmo, mais uma resenha essa semana!! Consegui ler mais um livro e fechei o mês de janeiro com a leitura de 5 livros, o que para mim é ótimo, pois geralmente consigo ler 4 livros por mês ^^ Mas então vamos lá....


Título: A Lógica Inexplicável da minha vida
Autor: Benjamin Alire Sáenz
Editora: Seguinte
Páginas: 442
Sinopse: Salvador levava uma vida tranquila e descomplicada ao lado de seu pai adotivo gay e de Sam, sua melhor amiga. Porém, o último ano do ensino médio vem acompanhado de mudanças sobre as quais o garoto não tem nenhum controle, como ímpetos de raiva que ele não costumava sentir. Além disso, Salvador tem que lidar com a iminente morte da avó, com uma tragédia repentina que acontece na vida de Sam e com o fato de seu pai estar se reaproximando de um ex-namorado. Em meio a esse turbilhão de sentimentos, que vão do luto ao amor e da amizade à solidão, Sal passa a questionar sua própria origem e identidade, e tenta encontrar alguma lógica para a sua vida uma tarefa que parece quase impossível.




Minha opinião: Eu recebi esse livro na primeira caixinha do Turista Literário que peguei e confesso que fui surpreendida por duas razões: eu estava esperando um livro de fantasia, porque achei que esse era o propósito da Turista, mas então descobri que é YA. E o outro fato é que essa é uma edição especial feita para os assinantes, com direito ao símbolo da caixinha estampada na capa e uma página com mensagem especial aos assinantes, achei fofo ^^
Agora o livro... Bom, essa é uma história que eu provavelmente não leria se não tivesse recebido na caixinha. Não faz muito o meu gênero e eu não achei sensacional, mas mesmo assim foi uma leitura proveitosa, cheia de representatividade, mensagens interessantes e com uma escrita muito delicada. 

"O dia não dura para sempre, e a escuridão sempre volta. O sol nasce, o sol se põe. E lá está você, no escuro outra vez. Você precisa fingir que não tem medo, ou o silêncio e a escuridão te engolem."

É a história de Salvador, um menino adotado por um pai gay e de família mexicana. Os dois vivem em El Paso, no Texas e tem uma relação maravilhosa de cumplicidade, respeito e carinho. O problema começa quando um colega da escola xinga o seu pai de "bicha", e então ele fica com tanta raiva que parte para cima do garoto. A partir desse momento, mil questões começam a se passar na sua cabeça para tentar compreender a si mesmo e de onde ele veio, tentar entender a lógica da sua vida, questionando-se se esse comportamento violento viria de seu pai biológico.


"O sonho com meu Popo e a palavra bicha me fizeram pensar. E era nisso que eu estava pensando: as palavras existiam na teoria. E então, um dia qualquer, você encontra uma palavra que só existe na teoria e fica cara a cara com ela. E aí essa palavra se torna alguém que você conhece."

Além do seu pai, Salvador também tem um carinho e amor enorme por sua avó, Mima, que ajudou a criá-lo e é responsável por muitos ensinamentos e cenas bonitas. Por isso as recentes notícias sobre sua saúde o deixam extremamente triste e preocupado. Ele também tem dois grandes amigos, mas que trazem relações complicadas com suas próprias famílias e acabam vendo no pai de Salvador uma figura importante. Tudo que envolve esses relacionamentos parece muito bonito e genuíno, só que eu senti falta de algo a mais. 

"O sol de novembro brilhando, a brisa fresca e as sombras da tarde dançando com uma vivacidade que vai muito além do meu entendimento de garoto. Mima está cantando em espanhol. Há mais cancões dentro dela do que folhas em seu jardim."

Os personagens parecem ser muito verdadeiros e complexos, mas eu senti falta de uma identificação maior com eles. Por mais que cada um trouxesse seus problemas de uma forma muito real, eu não senti firmeza. Por mais que encontrasse vez ou outra uma mensagem bonita, achei os diálogos muito extensos e às vezes vazios. Eu gosto de livro com narrativas cheias de sentimentos, mas aqui era como um grande retrato da realidade. Como um filme sem atuações, pois eu lia e não sabia como eles estavam se sentindo. 

" - Me mostre um homem sem arrependimentos e eu te mostro um homem que não tem consciência. Entende?"

Então, para mim, foi como se eu não tivesse conseguido me conectar totalmente com esses personagens, como se eu os tivesse encarando como meros personagens representando mensagens tocantes, mas que não me afetaram de verdade. Eu senti uma aura muito melancólica também e isso pode ter criado uma barreira entre mim e o livro, pois eu ando num período complicado na minha vida. Pode ser que isso tenha me impedido de aproveitar esse livro como a maioria das pessoas... Talvez em outro momento pudesse ser diferente. Mas claro que é um livro muito bem escrito e construído. E não posso negar que me distraiu e me divertiu em alguns aspectos, além de trazer esses quotes bem interessantes.

"Maggie estava arranhando a porta. Eu a deixei entrar. E depois pensei que talvez a vida fosse assim - sempre haveria algo arranhando a porta. E continuaria arranhando e arranhando até você abrir."

Minha avaliação:



You Might Also Like

34 comentários

  1. Oi Tamara,
    Eu também tenho uma média de 4 livros por mês. Adorei sua opinião sobre esse, porque eu sempre o vejo na Saraiva e fico na dúvida se deveria ou não comprá-lo.
    Ah, e a capa é muito bonita.
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ale!
      Pois é né, só dá para ler um por semana ^^
      é.. eu não gostei muito não, uma pena!
      beeijo

      Excluir
  2. Não conhecia!
    bjs
    http://pinkbelezura.com/

    ResponderExcluir
  3. fiquei bastante curiosa com o livro
    https://retromaggie.blogspot.pt

    ResponderExcluir
  4. Oi, Tamara!

    Adorei a resenha e a sinceridade. Pode ser sim que você não estivesse no seu melhor momento pra aquela leitura em especial, mas compreendo o que você quis dizer quanto faltar identificação dos personagens, de forma que não conseguimos nos aproximar 100% deles. Mas apesar disso, a história parece bem bacana e passa uma mensagem singela e bonita que me deixou com curiosidade de conferir!

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Carol!
      É, tenho que falar a verdade para vocês... Realmente não funcionou comigo, é uma pena porque via tanta gente falando bem.. as mensagens até são bonitas, mas são é só isso que significa para mim..
      beeijo

      Excluir
  5. Oi Tamara, tudo bem?
    O tema parece sensível e necessário. Achei muito legal a abordagem do pai gay e das situações que o menino vive.
    Pena que você não se conectou aos personagens. =/ Isso faz falta mesmo.
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Priih! tudo sim!
      Pois é.. é realmente um livro muito bom por tratar desses assuntos e trazer as mensagens, mas eu não estava no meu melhor momento..
      beeijo

      Excluir
  6. Olá, bom dia.
    Gostei da sua opinião sincera sobre o livro. Até o momento, tinha ouvido muitos elogios sobre a história e confesso que sempre fico meio com o pé atrás quando leio muitas opiniões positivas. Mas enfim, parabéns pela resenha e obrigada por nos dar sua opinião sobre a história.
    Beijinhos e boa semana.
    Isabelle - Attraverso le Pagine

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!
      É, pois é.. infelizmente, não funcionou para mim como foi para outras pessoas. mas realmente, Às vezes a gente não gosta mesmo e fica sendo do contra haha
      obrigada!! fico feliz que tenha gostado ^^
      beeijo

      Excluir
  7. Oi, Tamara. O livro me parece ter muitos acontecimentos, vários temas e muitos caminhos. Parece interessante!
    Espero que esse período complicado da vida passe, viu! ;)

    beijos!

    https://ludantasmusica.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lu!
      O livro é bem complexo sim, mas não me encontrei nele não..
      Ah, já passou sim, muito obrigada <3
      beeijo

      Excluir
  8. Eu gosto do gênero, que pena que você não conseguiu se conectar com a história.
    Charme-se

    ResponderExcluir
  9. Ai que pena que você não conseguiu ter uma empatia maior com os personagens! Achei interessante a história, quem sabe mais para frente eu leia rs

    www.vestindoideias.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é.. foi uma pena mesmo! mas é uma história que agradou muita gente, você pode gostar!
      beeijo

      Excluir
  10. Uauuu arrasou mais de um livro por semana
    bjs

    ResponderExcluir
  11. Que capa lindaaaaa, e que legal que ela foi criada especialmente pros assinantes, é um bom marketing, né? Ainda não tinha ouvido falar desse livro, mas a história também não me chamou muita atenção, sabe? E uma pena que tu não conseguiu se conectar com os personagens, realmente é complicado ler algo que não nos passa verdade!
    Um beijão,
    Gabs | likegabs.blogspot.com ❥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A capa é bem bonita né, e chamativa hehe
      foi uma edição especial para os assinantes e achei isso o máximo! ^^
      muita gente curtiu a história, mas eu não me identifiquei mesmo ''/
      beeijo

      Excluir
  12. Oi Tamara,
    Adorei a dica, já faz um tempo que quero ler esse livro. E a capa está maravilhosa
    Blog Entrelinhas

    ResponderExcluir
  13. Oi Tamara, sei bem como é isso. Às vezes a gente não consegue mesmo se conectar com os personagens de um livro ~ ou com a história toda mesmo. Uma pena quando isso acontece. :(

    Beijo, beijo :*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Camila!
      Pois é.. foi uma pena ''/ queria tanto ter gostado mais!
      beeijo

      Excluir
  14. Oi, Tamara

    Eu recebi esse livro, mas até agora não consegui ler. Eu não curto muito YA, mas solicitei pelos elogios ao livro anterior do autor.
    Que pena que faltou essa identificação e provavelmente vai acontecer o mesmo comigo,mas lerei sem me ater muito a este fato... vamos ver como será.

    Beijos
    - Tami
    http://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Tami!
      É, o pessoal elogia muito o autor! E eu adoro YA, mas infelizmente esse não funcionou para mim, uma pena!
      espero que você acabe gostando mais do que eu!
      beeijo

      Excluir
  15. Oi Tamara!
    Sempre que vejo esse livro,penso:talvez eu leia....mas sempre acabo não lendo kkkkkk
    Não sei,mas acho que não é uma historia que vai me prender,não sei por que.
    A sinopse é até interessante,mas sabe quando a gente olha um livro e tem aquele sentimento de que não vai gostar?É o que sinto.
    Foi bom ler um pouco mais sobre ele,ter uma opinião mais ampla pra ter uma ideia do que esperar.Quem sabe eu acabo lendo ele.
    Beijos!

    http://livreirocultural.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Claudio!
      hahaha ele passa impressões contraditórias, né? não sei se é essa capa ou o quê.. hahah
      eu realmente fiquei decepcionada, porque achei que ia ser bom graças ao que todo mundo disse, mas infelizmente não curti muito.. espero que goste se resolver ler!
      beeijo

      Excluir

Subscribe